quinta-feira, setembro 10, 2015

"RIP Journalism"


Parece que o politicamente correto anda atacando até mesmo aqueles que era apenas para transmitir a informação, mostrando sempre os dois lados dos fatos e tentando ao máximo ser imparcial e transparecer o neutro.

Pois bem, a crise chegou ao jornalismo, e o pior que a tal da Agenda Settings - a hipótese do Agenda Setting é um tipo de efeito social da mídia que compreende a seleção, disposição e incidência de notícias sobre os temas que o público falará e discutirá - prevalece em todos os veículos, pautas e matérias, repercutindo a mesma "essência" em todos os meios de comunicação, não dando ao público a diretriz de pensar e escolher uma opinião, passando o fato como algo superficial, sem aprofundar a reportagem, além de estipular julgamentos e esteriótipos pejorativos à sociedade.

Enquanto isso, os dois lados da notícia e o diferencial da reportagem são chulos e sórdidos, com textos padronizados e enlatados, apenas visando o lucro e poder das empresas, e não em partilhar algo relevante para a sociedade.

Parece que hoje tudo isso foi plastificado e emoldurado numa mera e podre lata da hipocrisia, aonde quem ganha são os magnatas e suas marcas, e a população se aliena em factoides irrelevantes, que julgam ser de extrema importância, mas nem ao mesmo dão tempo de digerir a informação, já que algo novo será injetado aos vossos olhos, ouvidos e mentes, que continua cada vez mais vazia e fútil, incapaz de disseminar algo produtivo para o nosso Planeta.


Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;