segunda-feira, dezembro 22, 2014

Metamorfose Ambulante - Raul Seixas


Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Eu quero dizer
Agora o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
É chato chegar
A um objetivo num instante
Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
Eu vou desdizer
Aquilo tudo que eu lhe disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha velha velha velha velha
Opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo



Chega do normal, tradicional e de opiniões conservadoras, vamos nos libertar e viver!!!

E que 2015, nossas vidas sejam melhores que foram nesse ano de 2014 e que possamos pensar mais em nós e deixamos de lado o NARCISISMO de certas pessoas, que só nos procuram para nos deixar arrasada e sem ânimo, pois nos descarregando kilos e kilos de pessimismo. 
Que venha 2015, com muita paz, amor e foda-se para todas as coisas ruins que tivemos em 2014, vamos viver a vida e sem pensar na insegurança do amanhã. 

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;