segunda-feira, setembro 15, 2014

Manipulação gera alienação



Hoje em dia tá uma onda de processos raciais, homofóbicos e o diabo quatro, mas do que adianta todo mundo ficar de mimimi julgando um ou outro, mas não se há respeito ao seu semelhante?

Em um país como o Brasil que segregam as pessoas por cotas raciais, creio ser uma hipocrisia os mesmos vitimarem uns e julgar outros.

Basta ligar a televisão e observar isso, a emissora que todos dizem ser a maior do país se diz politicamente correta, com apresentadores que criam campanhas contra o preconceito - para tirar proveito a si mesmo -, textos poetizados sobre prejulgamentos, atores mostrando que são igualitários, mas quando saem nas ruas, querem dois seguranças na sua frente, etc. Todavia, a mesma coloca negros para serem empregados dos brancos burgueses, favelados (pessoas da favela), como se fossem marginais, gays, em trejeitos pejorativos e ridicularizados, nerds, como os idiotas da sociedade, além de crianças, que se sentem como adultos. Não seria uma contradição tamanhos argumentos, falar A e mostrar Z?

Atualmente vivemos numa sociedade dentro da caixa, onde todos seguem regras e alienam-se pelo que os endinheirados possam gorfar seus julgamentos em cima de nós, e nós tenhamos que aceitar, sem pensar ou analisar a ignorância dita.

As pessoas estão deixando de pensar para viver apenas o momento, vivendo por impulso ao invés de conservar seus pensamentos, obtendo diplomas por status ao partilhar o conhecimento. Obter os bens materiais como satisfação vital, sendo ludibriados por marqueteiros que apenas estão ganhando mais e mais, enquanto a sociedade perde sua essência e cai na alienação plena e insatisfatória, em que a verdade é julgada como arrogância e a mentira é cultuada como ouro.

Uma sociedade de politicamente corretos, que aponta sem conhecer, assim como vangloria sem saber porque, meramente vivendo por impulso de provar e mostrar uma "felicidade" solúvel, que pode se desfazer em questão de anos, meses e até dias, pois o que ânsia sem pensar, é desagrado e  frustrante, em que momento acaba, mas a satisfação nunca, os julgamentos são infinitos e o pensamento nulo.

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;