terça-feira, maio 20, 2014

Encontros e desencontros


Como pode, 
gostar de alguém tão diferente a mim?

Estamos conectados todo em tempo, 
mas ao mesmo tempo, estamos tão longe.

Preciso de seu afago, 
mas não tenho seu abraço.
Quero seus beijos, 
mas não sinto seu cheiro.

Por que o amor faz essas peripécias conosco?

O mundo gira, 
o mundo roda, 
e o minha admiração por ti, 
aumenta a cada dia.

Não consigo te ver, e não querer te ter, 
te ouvir, e não sorrir.
E você, nem mesmo para descobrir.

Somos tão iguais, 
mas tão diferentes, 
mas não mudaria nada disso,
para te ter aqui comigo!

xoxo
@pavisconti

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;