terça-feira, janeiro 28, 2014

A Copa do caos


No último sábado, dia 25 de janeiro, aniversário da maior cidade do Brasil, a nossa querida Sampa, aconteceu um protesto contra a Copa do Mundo, que acontecerá no meio deste ano, e têm causado dor de cabeça à todos os brasileiros, e também para a Fifa.

O protesto começou por volta do meio-dia, concentrando-se no Masp e partindo em direção da Praça da Sé, descendo a Brigadeiro Luís Antônio. Estava tudo correndo bem, após a segunda concentração na Sé, o grupo de dirigiu até o Teatro Municipal, então se dirigir até a Praça Roosevelt, e então dispersar e cada um seguir seu caminho, porém, o que já se esperava aconteceu, um grupo que queria subir para a Paulista.

O bando subiu à Rua Augusta tornou a manifestação calma, em um tremendo caos. Policiais desciam a rua em tropas, viaturas, moto-viaturas, e até mesmo camburão de choque presenciou no local.

Ataques de PMs eram constantes, com bombas de efeitos moral e balas de borracha, enquanto os manifestantes se defendiam apenas com paus e pedras.

Alguns "manifestantes" que lá presenciaram, tentaram tombar uma viatura da polícia militar, além de tacar fogo em um Fusca parado próxima à Praça Roosevelt, além de depredações alguns bancos sediados na Augusta.


Um caos horrendo, uma covardia tremenda e sem limite, de PMs querendo fazer guarda, de vândalos barbarizando um manifesto pacífico e social, onde os manifestantes estavam apenas tentando expressar seus pensamentos e direitos de revindicar pelo o que é seu, afinal, todo mundo manda e desmanda no país, mas aqueles que realmente pagam as contas são tratados como bandidos e marginais, já os verdadeiros malfeitores, estão no congresso nacional, banalizando o Brasil e tornando cada dia mais hostil.

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;