terça-feira, outubro 29, 2013

Cadê a mudança?


Leio nos jornais, sites, portais, etc, em que parlamentares políticos dizendo que o Brasil está indo bem, crescendo e se desenvolvendo de vento em poupa. Mas, quando saio às ruas não é bem isso que observo, e sim completamente ao contrário.

Crianças nas ruas, sem estudar, pessoas dormindo nas calçadas e embaixo dos viadutos, os impostos aumentando a todo dia e os ricaços ficando cada vez mais ricos.

Agora digam-me, que desenvolvimento é esse, em que a grande massa não vê nem um 1% do que dizem sobre essa "evolução".

O Brasil regressa a cada dia, não apenas alguns anos, mas séculos, pois vejo mulheres sendo submissas a seus pais e maridos, e os escravos recebendo salários míseros, que na maioria das vezes mal da para o básico social, ao invés de receberem comida e moradia, como na época da Princesa Isabel. 

Além é claro, dos impostos e mais impostos, que mais parecem os que nossos antecessores pagavam à Portugal quando éramos colônia.

Enquanto isso, o povo apenas observa pagando todas as mamatas e mordomias da alta sociedade, que está junto com a grande mídia, e censura mesmo que obliquamente a massa, manipulando-nos por uma ditadura estupida do consumo e da hipocrisia vistas em suas novelas medíocres e catastróficas.

Porém, o Brasil cansou de tudo isso, e quer realmente mudança,  fazer a diferença, e não apenas cantar coro de militância nas ruas, mas pouca atitude diante das urnas.

2014 esta aí, ano de eleições presidenciais, então ao invés de se excitar gritando gol na Copa do Mundo, ou gritar em vão em uma manifestação, mostre seu conceito diante das urnas, pois ali será feita a verdadeira diferença na sociedade. 

Faça a mudança, ordene que seu voto vire a mesa, não deixando a mesmice comandar de novo e que o Brasil continue andando para trás.

É isso aí...

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;