quarta-feira, outubro 30, 2013

As máscaras caem em São Paulo


Na calada da noite os vereadores aprovaram o aumento de até 35% no IPTU dos paulistanos, em o Projeto de Lei do Executivo que prevê o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano para a cidade de São Paulo no próximo ano. Agora, será encaminhado para o prefeito Fernando Haddad para a sanção do projeto.

Enquanto isso, a população segue indignada com tamanho descaso que os governantes nos dão, fazendo-o com que pagamos a conta deles e as nossas também, já que esse dinheiro não é visto em nenhuma obra pública, que em sua maioria estão parada ou superfaturadas por empresas medíocres, irresponsáveis e incompetentes, que apenas visam seus próprios lucros e estão cagando e andando para a grande massa.
Porque uma coisa seria, se estivéssemos vendo benfeitorias concretas com esse dinheiro pago dos impostos, mas infelizmente não é nada disso que vemos, já que a educação tem nota 0 em todos os requisitos, a saúde, vai de mal a pior, saneamento básico, há lugares que nem sabem o que é isso, além é claro, da "bela" corrupção que observamos de camarote de parlamentares tirando o que é nosso, para sustentar seus luxos e caprichos.

Até quando isso vai acontecer, o povo paga, eles recebem e o Estado - organização e pelo controle social - continua com as mesma precaridades e desigualdade humana e social de décadas e séculos atrás?

Do que adiantou reverter a situação do aumento da tarifa de ônibus, se depois iria enfiar a faca nas costas de todo mundo, com um abusivo aumento no IPTU?

A sociedade está cansada de assistir tudo de camarote o picadeiro pegando fogo, e nada sendo feito para resultar em melhorias reais à nossa população e também em nosso município. 

Chega de alimentar bolsas de inclusão social a quem não quer trabalhar, pois já são dez anos e o Brasil continua a mesma merda do que era antes, isso não é evolução, e sim regressão, volta a um passado onde os senhores feudais mandavam e os vassalos apenas obedeciam e seguiam suas regras.

Estamos no século 21, terceiro milênio, não podemos ver elitista se fazendo de povo e bajular como se eles fossem do bem, temos que defender quem está do nosso lado, e não quem nos mandam escudar, fazendo-o o bem para a sociedade e não apenas para a burguesia, que pouco se importa com o que o povo pensa, acha ou deixa de opina.

É isso aí... Até a próxima!

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;