quarta-feira, agosto 21, 2013

A viagem do "trava-trava"


Você que mora na Vila Medeiros, Jardim Brasil, Edu Chaves, Vila Sabrina e regiões sabe como é precária o transporte coletivo por esses bairros, e ainda o pouco que tem parece demorar uma eternidade para passar e chegar até o destino.

Quem pega a linha 1720-10 Jd Guançã / Cantareira, sabe o que é ficar quase meia hora para fazer o trajeto até o metrô Tucuruvi, além do trânsito que já é de práxis e os pontos de ônibus, há uma volta horrenda que ele dá apenas quando ele passa pela Avenida Júlio Buono até regressar ao Avenida Roland Garros. Tirando a delicadeza dos motoristas e a cordialidade dos cobradores, que na maioria das vezes mal olham na sua cara.

Lamentável conviver em uma situação onde quem depende do transporte coletivo têm de passar, que antes mesmo de chegar ao seu destino já está estressado e cansado por causa de ônibus abarrotados de gente, além do mal humor e arrogância que há lá dentro.

O transporte coletivo é para todos, se você não está satisfeito, retira-se e vai engarrafar mais um carro nas ruas da cidade, e aos motoristas e cobradores que estão insatisfeitos com seus serviços, deem oportunidades à profissionais que sabem conviver e dirigir em uma cidade tão caótica quanto São Paulo, porque se você tem o pavio curto, e por qualquer motivo já fecha a porta na cara dos passageiros, é melhor que fique em casa para se tratar, pois essa carreira não é para você.

Apesar de estar focando deste linha específica, tenho que abranger que a situação de ônibus por essas regiões não é das melhores, pois não há coletivos suficientes para abranger o número de pessoas por dia, e isso acaba ocasionando em transportes abarrotados e demoras em filas esperando muitas vezes pelo menos carro que vai até o final e volta para pegar mais passageiros.

Um exemplo é a linha 121-G Parque Novo Mundo/ Tucuruvi, que demora horas à passar e quando passa, as pessoas vão como sardinhas enlatada saltando pela janela. Além do mais, o horário término dos ônibus na estação Tucuruvi não seguem o estipulado nas placas de indicações que à nas paradas de ônibus, já que muitas vezes cheguei antes das 11 horas da noite e tive que pegar um táxi, pois havia um único coletivo transitando para as regiões citada no início deste artigo, e iria demorar pelo menos 1 hora para regressar ao metrô.

O que ele estava fazendo para demorar tanto, não sei! Afinal, do Tucuruvi até o Jardim Brasil não dá mais do que 20 minutos de locomoção, portanto, não tem necessidade de se fazer em mais horas, até mesmo com aquele trânsito de parar a Avenida Tucuruvi.

A população está cansada de ter que se privatizar para obter "benefícios" em sua vida, queremos meios públicos de qualidade, pois o salário mínimo no Brasil não vale tanto assim para ficarmos esbanjando, ainda mais se for por causas que o Estado e a prefeitura podem ressarcir pelos gastos sociais.

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;