sexta-feira, abril 05, 2013

30 anos sem Clara Nunes


Nesta terça-feira, completou 30 anos que a cantora brasileira Clara Nunes, faleceu deixando um vazio para a música no Brasil. Clara Nunes era pesquisadora da música popular brasileira e com seus ritmos e seu folclore, representou a cultura afro no Brasil. 
Por isso ela viajou muitas vezes à África, para buscar inspiração para suas canções e conhecimentos das danças e tradições africanas, o que fez a estrela se converter à umbanda, religião bastante popular entre os afro-descendentes.
Clara Nunes seria uma das cantoras que mais gravariam canções dos compositores da Portela, sua escola do coração. Também foi a primeira cantora brasileira a vender mais de 100 mil cópias, derrubando um tabu segundo o qual mulheres não vendiam discos.
Mesmo passando alguns dias do dia de morte da Clara Nunes, nós não deixamos de recordar e homenagear ela por aqui, afinal ela foi uma considerada uma das maiores interpretes de músicas popular brasileira, apenas perdendo o posto para Carmen Miranda e por isso, a estrela Clara Nunes, tem que ser lembrada por gerações, pois ela fez diferença no mundo da música.
Saiba mais sobre Clara Nunes:
Nome completo: Clara Francisca Gonçalves Pinheiro
Apelido: A Guerreira
Nascimento: 12 de agosto de 1942[1]
Origem: Paraopeba, Minas Gerais
Data de morte: 2 de abril de 1983 (40 anos)
Gêneros musicais: Samba, MPB
Instrumento musical: voz
Período em atividade: 1960 - 1983


Por: Priscila Visconti

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;