domingo, fevereiro 26, 2012

Enquanto isso no Carnaval em São Paulo ...

Hey, hey peeps... Faz um tempinho que a gente não passa por aqui, mas não fiquem triste, pois não foi por falta de assunto, afinal, isso tem de sobra, para dar e vender, foi tempo mesmo. Ultimamente nosso tempo ando tão escasso que até para irmos ao banheiro, temos que programar, senão nem isso fazemos mais. kkk
Mas voltando ao que interesse... E antes de mais nada, um feliz ano novo a todos, afinal, o ano começa oficialmente no Brasil, mesmo que no resto do mundo, eles já estejam dois meses na nossa frente. Mas esse é o nosso jeitinho brasileiro de viver a vida.
Como o que anda rolando around in Brasil... Bem, o carnaval foi lindo e maravilhoso, nada temos que reclamar.. All right?
Errado!
Porque a violência tomou conta do país, principalmente em São Paulo, durante o feriado de folia.
No último domingo, 19, uma garotinha linda, de apenas 3 aninhos, foi atropelada e morta por um jet ski, enquanto curtia e se divertia com sua mãe na praia, em Bertioga, litoral de São Paulo.
Mas isso não é o pior, pois o terrível vem agora, já que a menina Graziela Almeida, foi atropelada por um garoto de apenas 14 anos. Isso mesmo, 14 anos! Pode isso, produção?
Onde estavam os pais desse adolescente quando ele pegou no jet ski?
E para dar socorro a menina, ninguém apareceu?
Ah claro, pois ele era de família rica e resolvem tudo na base do cash?
Bonito, né?!
Infelizmente a mãe da Graziela, não terá mais sua menininha de volta e tudo por causa de um garoto irresponsável e pais mais incompreensíveis ainda.
Mas nada esta perdido, pois apesar de justiça dos homens ser lenta e às vezes falha, a justiça de Deus é certa e precisa, e por ter certeza que aqui se faz, aqui se paga.
E por falar em aqui se faz, aqui se paga, outro incidente de Carnaval, foi na terça-feira, 21.
Era apuração das notas do desfile das escolas de samba em São Paulo, que já começou tumultuado um pouquinho, pois pela troca de alguns jurados, algumas escolas já ficaram com um pé atrás em relação a a pontuação final, mas a apuração seguiu seu percurso.
Seguiu normal, até antes de faltar poucas notas a serem lidas pelo presidente da Liga das Escolas de Samba... Pois foi ai que uns loucos, invadiram a mesa diretora e rasgaram, jogaram para alto e furtaram notas que iria definir o vencedor do Carnaval 2012, em São Paulo.
Após os integrantes de escolas distintas invadirem o palco, começou o fuzuê pelo sambódromo, e já ninguém mais controlava, até a imprensa foi alvo de violência dos manifestantes carnavalescos.
As ruas na região do sambódromo foram tomadas e o caos espalhou medo por quem passava por lá.
Mas infelizmente, somente dois forever rebel foram presos, mas já estão em liberdade, após as suas respectivas Escolas pagarem a fiança, que de início não tinha preço pelo tamanho do estrago, porém, aqui é o Brasil, o país do jeitinho.
Jeitinho que se dá muito bem quando há interesses políticos envolvidos, mas que quando envolve pessoas, é enrolado e jogado dentro da gaveta, até que algum dia a vontade de acusar quem merece chegue junto aos nossos judiciários.
Até quando vamos viver no país em que o Carnaval tem mais prioridade, do que a vida humana?
Chega! Já está na hora de mudar e pensarmos no futuro, nas pessoas, pois são elas que levaram o país o topo e não vândalos que nem mesmo sabe o que e porque estão fazendo aquilo.
É isso ai pessoal, e até a próxima!
@nickacarter

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;