domingo, janeiro 22, 2012

Jornalista não é Deus


O primeiro romance do escritor e jornalista, Tom Rachman que desmistifica a profissão de jornalista, mostrando que jornalista não é um viciado em trabalho, que vive nele 24 horas por dia, mas uma pessoa normal, como qualquer outra. Com seus amores e devaneios.
O livro retrata um redação de um jornal de língua inglesa em Roma. 
Dentre os capítulos, mostra-se homens e mulheres que dão a vida à aquele jornal, onde encontramos o forte e o fraco dos nossos personagens, visto pelos próprios colegas de redação.
Um livro que aboli todo o mito que ronda todo um cenário falso, que as pessoas rotulam os jornalistas.  Mostrando que não somos perfeitos, super-heróis e muito menos deuses, somos apenas seres humanos que só apontam o errado, para que a sociedade faça a mudança.
Os Imperfeccionistas é um leitura simples, cheia de ação e empolgante. 
Quem quiser conhecer um pouco o lado jornalístico de ser, vale a pena, pois é bastante interessante.

Um comentário:

Pii Visconti disse...

Mano, não somos Deus, somos pessoas normais que vivemos para sobreviver e viver a vida..
Por isso, não precisamos de tapete vermelho e nem glórias, pois sabemos ser bem FDP qdo queremos.. hehe

Adorooooo!

I love to be journalist..

http://priscilavisconti.blogspot.com

Se não sabe, joga ai embaixo;