quarta-feira, novembro 16, 2011

Sumi, mas já estou de volta!

Hey hey pípol... What's up?
I'm fine...

Mas essa semana que passou, não foi fácil para mim, pois passei por alguns perregues pessoais.
Tudo começou por causa de um dedo! Isso mesmo, um dedo.. Como um dedo, pode causar tanto reboliço em nossas vidas, hein?!
Sábado retrasado, estava voltando da biblioteca São Paulo, no Carandiru, quando ao pegar o segundo ônibus voltando para casa, estava segurando no cano atrás da porta, no em tanto quando a porta abriu, bateu direto no meu dedo, a dor foi tão intensa, que nem me veio a cabeça gritar, chorar, espernear e muito menos falar para o motorista que a porta havia pegado meu dedo, só agonizava de dor.


Cheguei em casa e me auto mediquei, passando Cataflan em gel e para não correr o risco de bater o dedo em lugar nenhum, improvisei uma talinha e enfaixei de maneira artesanal. Porém, no outro dia, a dor permanecia e o inchaço mais ainda, fui ao médico para vê o estava acontecendo, e para a minha surpresa, o médico queria me internar para operar naquele dia, mas não fiquei.
Então ele somente colocou uma tala protetora em meu dedo.


Naquela mesma semana, após de fazer a prova integrada na faculdade, voltei ao médico e não tive escapatória, me internei para operar meu dedo.
Espera de cá, espera de lá, assina aqui, deposita o co lá... e então estava pronta para operar!
A cirurgia foi tranquila, simples e super rápida, os médicos conversam e te entretém o tempo todo, até que o anestésico faz efeito, tanto que eu só acordei no final da operação, quando provavelmente eles já estavam costurando meu dedo.


No dia posterior a cirurgia já fiquei de alta, mas em licença médica por 14 dias, isso me impossibilitou de fazer minhas obrigações na faculdade e também no blog (O Barquinho Cultural), tomei antibióticos diariamente, dores constantes no dedo operado, mas amanhã graças a Deus voltarei as minhas atividades normais, pois depois de levar quase dez pontos em um simples dedinho e ficar duas semanas de molho em casa, e ainda no último dia pegar uma gripe que quase estoura seus pulmões na noite passada não é fraco não.

Deixo a foto do meu dedinho com pontos abaixo e vejam como as pequenas coisas podem causar grandes catástrofes. 

É isso ai e até a próxima com um post mais animador!
Beijinhos

  


Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;