quarta-feira, outubro 05, 2011

Humildade acima de tudo


Quando a pessoa já começa com humildade dá nisso.. 
Pois só as pessoas integras falam, falam e falam, levam advertência e depois posam de 'gostosão' frente aos 'amigos', mesmo longe, como vemos na foto atrás do sr Rafinha Bastos.

Olha, eu sinceramente, já desconfiava desse Rafinha Bastos, pois ele sempre demostrou essa humildade, saindo de suas veias, por isso que acho que ele deve sair do CQC e ficar só na A Liga e ainda aumentar o programa para mais meia hora, pois uma hora de programa é muito pouco para ele demostrar seus dotes artísticos.

Alais, se o Danilo Gentili pode ter um programa que passa em três dia, porque o programa dele não pode aumentar meia hora mais, ai vocês verão o que é 'super ego'. hehehe

É isso ai pessoal, fiquem abaixo com um pouco da história do jovem judeuzinho gaúcho, que revolucionou o gênero da comédia no Brasil e no mundo, porque mundialmente, ele também é muito falado, não é aquela coisa que se diz, olha que lindo, estão falando do Radinha Bastos, mas mesmo assim ele é sempre lembrado. ;)



Rafinha Bastos nasceu em família de origem judaica, formou-se como jornalista pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Começou a sua carreira na televisão trabalhando nas emissoras Rede Manchete (entre 1997 e 1999), TVE Brasil (de 1999 à 2001) e RBS TV (entre 2001 e 2006). Atualmente trabalha da Rede Bandeirantes de Televisão.
Após a conclusão do seu curso superior, ele viajou para os Estados Unidos com planos de investir em uma outra carreira: a de jogador de basquete, devido a sua altura 2,00 M, esporte que praticou profissionalmente até os vinte e cinco anos. Em 1999, Rafinha competiu na Liga Universitária Norte-Americana (NCAA) pela Universidade de Nebraska-Lincoln, onde teve seu primeiro contato com a Stand-up Comedy, o chamado "humor de cara-limpa".
Estando fora do Brasil, resolveu criar uma página na Internet para estabelecer comunicação com seus amigos brasileiros e fazer humor. O site cresceu e acabou transformando-se na Página do Rafinha, sendo posteriormente incorporado ao conteúdo humorístico do Portal Terra. Ele já satirizou artistas como Kelly Key, Sandy e Junior, Britney Spears e até grupos clássicos dos anos 70/80 como Village People e ABBA. As produções têm edição, direção e interpretação de Rafinha.
Em 2002 Rafinha se mudou para São Paulo, onde passou a apresentar programas online e na TV aberta para o público jovem. Em 2004 atuou no mercado publicitário, participando de campanhas para marcas como Club Social, Volkswagen, Vivo, Nova Schin, entre outras. A entrada neste novo mercado marcou também a sua estreia nos palcos. Em 2004, ele entrou em cartaz, ao lado de Marcelo Mansfield e Marcela Leal, com o show de stand-up comedy "Mondo Canne". Em 2005, juntamente com Márcio Ribeiro e Henrique Pantarotto, inaugurou o Clube da Comédia Stand Up, show de humor de São Paulo.
Em 2007 Rafinha Bastos passou a apresentar um programa de humor erótico chamado Privê 89, ao lado da radialista Dani Taranha, na rádio 89 FM de São Paulo.
Rafinha também atuou na série de televisão Mothern, exibida pelo canal GNT. Também já participou do espetáculo de humor "Improvável", além de ter feito uma participação especial na série Descolados da MTV como ator.
É torcedor fanático do Sport Club Internacional, tendo sido escolhido como mais um cônsul cultural do clube durante partida final do Campeonato Brasileiro de 2009.
Atualmente, é um dos apresentadores do programa CQC da Band e, desde maio de 2010, Rafinha Bastos integra o programa A Liga, exibido pela mesma emissora.
Em 2010, ao lado de seu colega de comédia Danilo Gentili e o produtor Italo Gusso, abriu na Rua Augusta, em São Paulo, o primeiro comedy club do Brasil, chamado de Comedians Club. O local tem como molde as tradicionais casas americanas do gênero.
Em 24 de março de 2011 foi eleito pelo jornal americano New York Times a personalidade mais influente do Twitter.

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;