segunda-feira, setembro 28, 2009

A GERAÇÃO DO CORRE CORRE

Atualemente nas principais cidades no mundo é facil encontrar pichações, frases com apoio político, recados apaixonados, senteças de reflexão entre outras que somente andando por uma megalopóle como São Paulo encontramos.
No mês passado andei reparando em algumas dessas frases e algumas delas podem até ser taxadas como vandalismo, porém se analisarmos o discurso daquela sentença é tudo o que o mundo de hoje precisa, porém não está em murais de bienais, museus ou estações culturais, mas sim no centro da cidade, nas estações de trem, metrô ou até mesmo na viela próxima a sua casa, onde você passa apressado e nem olha para o lado nem observar ao redor.
Nós que vivemos em uma grande cidade como São Paulo, estamos sempre correndo, nunca temos tempo para nada, mas seria um erro, pois na maioria das vezes o que queremos ver, ouvir e sentir pode estar ali do nosso lado, mas a correria nos obriga a olhar para frente sem termos tempo para refletir e pensar no momento em que estamos vivendo.
Imaginem quando nossa geração estiver na terceira idade, se alguns de nós chegarmos, pois com esse corre corre estreressante, muitos de nós terá problemas de saúde gravissímos antes que complete 50 anos, a geração do corre corre maluco não terá tempo de sentar junto aos filhos, netos e conversar sobre algo agradavel em que vivemos em nossa juventude, a não ser as maluquices que fizemos para entregar nossos trabalhos no dia certo ao chefe ou da falta de atenção que demos a nossa família.
Essa geração poderá ser chamada da mais desatenciosa e nervosa de todos os tempos, mas podemos mudar isso, basta parar olhar para aquele que está todo dia ao seu lado, dar um super bom dia, um abraço, observarmos mais ao redor e vermos que o mundo não se foca em trabalho, faculdade e em si mesmo, mas si em todos que nos rodeiam, pois de você sem sua família, seus amigos, de uma frase que após ler em algum muro da cidade, poderá mudar seu dia, sua semana ou até sua vida.
Pare, pense e veja o que te cerca, sem precisar correr e viver a vida uma vida estressante, pois nossa vida não é um rascunho que depois podemos passar a limpo, viva o hoje e curta cada momento.

Patricia Visconti

2 comentários:

JOY disse...

Olá, como vai?
nas pichações um "Q" de criatividade nas inovações de frases e etc? Mesmo assim não deixa de fazer parte do vandalismo, apesar de não ser "agressivo"

Passando pra conferir suas novidades

Bjos
http://joycebc.blogspot.com

Lucila. disse...

A antiga geração coca-cola.. hoje é a geração big brother, ou como tu mesma especifica muito bem "corre-corre". Te vi nos favoritos da Joy, muito bom o blog, postagem de cunho elevado!

Se puder, dá uma passadinha lá no meu, gostei mesmo! Beijos

Se não sabe, joga ai embaixo;