domingo, julho 29, 2007

A Lei do Incentivo ao Esporte não vai prejudicar a Lei da cultura

O projeto de lei que beneficiará o esporte, não prejudicará a Lei Rouanet e ainda beneficiarará atletas e projetos sociais

O projeto de Lei de Incentivo ao esporte foi aprovada pela Câmara dos deputados no dia 20 de Dezembro e sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva dia 29 do mesmo mês, a regulamentação ficará pronta antes do final do primeiro semestre de 2007.A lei previne que as empresas declarem o Imposto de Renda, deverão aplicar até 4% do imposto para projetos esportivos, segundo o ministro dos Esportes Orlando Silva, para a Agência Brasil.Como surgiu muita discussão sobre de onde tirariam verba para bancar com o projeto, o presidente assinou uma medida provisória (MP) para estabelecer um parecer desta discussão, e também o governo colocou um fim nas brigas entre artistas e esportistas. Porque os artistas, que aprovam a Lei Rouanet, acreditavam que seria impossível a divisão de renda junto ao esporte.Então o incentivo para a cultura caindo e o Brasil perder patrocínios estatais ou não, como a Petrobrás, que patrocina diversos eventos culturais em todo o país. Mas o ministro do Esporte declarou ao portal Agência Brasil, que isto não aconteceria, já que o beneficio a cultura é pouco, mas já é sólido, e sim beneficiária atletas de baixa renda com patrocínio e modalidades esportivas pouco divulgadas. Porém atletas que já recebem salário e patrocínio, não incluem ao beneficio.Portanto este Incentivo ao Esporte não prejudicará a cultura, beneficiará atletas que buscam uma oportunidade em seu esporte e o dinheiro aplicado pelas empresas ajudará projetos sociais e educacionais.

Patrícia Visconti

Nenhum comentário:

Se não sabe, joga ai embaixo;